Seguidores

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

DIA DO LIVRO DIDÁTICO

27 de fevereiro, o Dia do Livro Didático.
Livro didático é um livro de caráter pedagógico. Surgiu como complemento aos livros clássicos, utilizados na escola, inicialmente buscando ajudar na alfabetização e na divulgação das ciências, história e filosofia. Inicialmente publicado por iniciativa individual de alguns autores-educadores, como Hilário Ribeiro, Eudoro Berlink e Wilhelm Rotermund (este com obras para colonos alemães). Foi encampado como iniciativa do Estado, durante o governo Getúlio Vargas, em cuja gestão do Ministro da Educação Gustavo Capanema, em 1938, institui a Comissão Nacional do Livro Didático. O livro didático é um instrumento para o professor, pois é nele que está a fonte do conhecimento tanto para quem ensina quanto para quem aprende, contribui para o desenvolvimento e aprendizagem da sociedade, ele não é um livro perfeito que contem todas as resposta, o conteúdo exposto no livro é somente para direcionar o trabalho do profissional.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

VAMOS COLORIR**DIA INTERNACIONAL DA MULHER**

A igualdade de oportunidades para homens e mulheres é um princípio essencial da democracia. Dilma Rousseff ******************************************************************************

PARABÉNS MULHER**VAMOS COLORIR**

HISTÓRIA E ORIGEM DO DIA INTERNACIONAL DA MULHER

História do 8 de março
No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho. A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano. Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada pela ONU (Organização das Nações Unidas). Objetivo da Data Ao ser criada esta data, não se pretendia apenas comemorar. Na maioria dos países, realizam-se conferências, debates e reuniões cujo objetivo é discutir o papel da mulher na sociedade atual. O esforço é para tentar diminuir e, quem sabe um dia terminar, com o preconceito e a desvalorização da mulher. Mesmo com todos os avanços, elas ainda sofrem, em muitos locais, com salários baixos, violência masculina, jornada excessiva de trabalho e desvantagens na carreira profissional. Muito foi conquistado, mas muito ainda há para ser modificado nesta história. Conquistas das Mulheres Brasileiras Podemos dizer que o dia 24 de fevereiro de 1932 foi um marco na história da mulher brasileira. Nesta data foi instituído o voto feminino. As mulheres conquistavam, depois de muitos anos de reivindicações e discussões, o direito de votar e serem eleitas para cargos no executivo e legislativo. Marcos das Conquistas das Mulheres na História 1788 - o político e filósofo francês Condorcet reivindica direitos de participação política, emprego e educação para as mulheres. 1840 - Lucrécia Mott luta pela igualdade de direitos para mulheres e negros dos Estados Unidos. 1859 - surge na Rússia, na cidade de São Petersburgo, um movimento de luta pelos direitos das mulheres. 1862 - durante as eleições municipais, as mulheres podem votar pela primeira vez na Suécia. 1865 - na Alemanha, Louise Otto, cria a Associação Geral das Mulheres Alemãs. 1866 - No Reino Unido, o economista John S. Mill escreve exigindo o direito de voto para as mulheres inglesas 1869 - é criada nos Estados Unidos a Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres 1870 - Na França, as mulheres passam a ter acesso aos cursos de Medicina. 1874 - criada no Japão a primeira escola normal para moças 1878 - criada na Rússia uma Universidade Feminina 1901 - o deputado francês René Viviani defende o direito de voto das mulheres

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

DIA 8 DE MARÇO**DIA INTERNACIONAL DA MULHER** TEXTO REFLEXIVO SOBRE A MULHER Que mulher é essa Que mulher é essa que não se cansa nunca, que não reclama nada que disfarça a dor? Que mulher é essa que contribui com tudo, que distribui afeto, tira espinhos do amor! Que mulher é essa de palavras leves, coração aberto, pronta a perdoar? Que mulher é essa? que sai do palco, ao terminar a peça, sem chorar! Essa mulher existe, sua doçura resiste, às dores da ingratidão, resiste à saudade imensa, resiste ao trabalho forçado, resiste aos caminhos do não! Essa mulher é MÃE, linda, como todas são. Ivone Boechat

DIA 2 DE MARÇO**DIA NACIONAL DO TURISMO**

SUJESTÕES: VISITAR AOS LUGARES TURISTICOS DO SEU MUNICÍPIO, REGISTRO EM FOTOS PARA CONFECÇÃO DE UM MURAL.

DATAS COMEMORATIVAS DO MÊS DE MARÇO

sábado, 25 de fevereiro de 2012

ESCOLA DE BICHOS

ESCOLA DOS BICHOS
Conta-se que vários bichos decidiram fundar uma escola. Para isso reuniram-se e começaram a escolher as disciplinas. O Pássaro insistiu para que houvesse aulas de vôo. O Esquilo achou que a subida perpendicular em árvores era fundamental. E o Coelho queria de qualquer jeito que a corrida fosse incluída. E assim foi feito, incluíram tudo, mas... cometeram um grande erro. Insistiram para que todos os bichos praticassem todos os cursos oferecidos. O Coelho foi magnífico na corrida, ninguém corria como ele. Mas queriam ensiná-lo a voar. Colocaram-no numa árvore e disseram: "Voa, Coelho". Ele saltou lá de cima e "pluft"... coitadinho! Quebrou as pernas. O Coelho não aprendeu a voar e acabou sem poder correr também. O Pássaro voava como nenhum outro, mas o obrigaram a cavar buracos como uma topeira. Quebrou o bico e as asas, e depois não conseguia voar tão bem, e nem mais cavar buracos. SABE DE UMA COISA? Todos nós somos diferentes uns dos outros e cada um tem uma ou mais qualidades próprias dadas por DEUS. Não podemos exigir ou forçar para que as outras pessoas sejam parecidas conosco ou tenham nossas qualidades. Se assim agirmos, acabaremos fazendo com que elas sofram, e no final, elas poderão não ser o que queríamos que fossem e ainda pior, elas poderão não mais fazer o que faziam bem feito. RESPEITAR AS DIFERENÇAS É AMAR AS PESSOAS COMO ELAS SÃO.Rosana Rizzuti

ATIVIDADES

FÁBULAS DE ESOPO

FÁBULAS DE ESOPO
A fábula é uma das mais antigas maneiras de se contar uma história. O autor grego Esopo usava muitos bichos como personagens de suas fábulas, como tartarugas, lebres, raposas, formigas e cigarras. Através das histórias ele criticava os valores da sociedade de sua época, para mostrar o que é certo e o que é errado. Acredita-se que Esopo tenha vivido no século 6 antes de Cristo. Provavelmente foi capturado em uma guerra e virou escravo na Grécia. Mas não há provas históricas de que ele tenha existido. O que não dá para negar é que há mais de 300 histórias, com características semelhantes, que podem ter sido escritas ou reescritas e divulgadas por ele. As fábulas de Esopo são uma coleção de fábulas creditadas a Esopo (620—560 a.C.), um escravo e contador de histórias que viveu na Grécia Antiga.[1] As fábulas de Esopo tornaram-se um termo branco para coleções de fábulas brandas, usualmente envolvendo animais personificados. As fábulas remontam uma chance popular para educação moral de crianças hoje. Há muitas histórias incluídas nas fábulas de Esopo, tão como A raposa e as uvas (de que o idioma "uvas verdes" foi derivado), A Cigarra e a Formiga, A tartaruga e a lebre, O vento norte e o sol e O menino que gritava lobo, O Lobo e o Cordeiro são bem conhecidas pelo mundo afora. Assim, podemos dizer que em toda parte, a fábula é um conto de moralidade popular, uma lição de inteligência, de justiça, de sagacidade, trazida até nós pelos nossos Esopos.

ATIVIDADES

HORA DE COLORIR

HORA DE COLORIR

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

domingo, 5 de fevereiro de 2012

FREVO

FANTASIAS PARA O BAILE CARNAVALESCO
GARIPANDO NA NET, SÃO LINDAS!

MACHINHA DE CARNAVAL

CABELEIRA DO ZEZÉ João Roberto Kelly-Roberto Faissal, 1963
Olha a cabeleira do zezé Será que ele é Será que ele é Será que ele é bossa nova Será que ele é maomé Parece que é transviado Mas isso eu não sei se ele é Corta o cabelo dele! Corta o cabelo dele!

MACHINHAS DE CARNAVAL

ALLAH-LÁ-Ô Haroldo Lobo-Nássara, 1940
Allah-lá-ô, ô ô ô ô ô ô Mas que calor, ô ô ô ô ô ô Atravessamos o deserto do Saara O sol estava quente Queimou a nossa cara Viemos do Egito E muitas vezes Nós tivemos que rezar Allah! allah! allah, meu bom allah! Mande água pra ioiô Mande água pra iaiá Allah! meu bom allah

ATIVIDADES MACHINHAS CARNAVALESCAS

FÁBULA

Fábula: A Raposa e a Cegonha
A Raposa convidou a Cegonha para jantar e lhe serviu sopa em um prato raso. -Você não está gostando de minha sopa? - Perguntou, enquanto a cegonha bicava o líquido sem sucesso. - Como posso gostar? - A Cegonha respondeu. vendo a Raposa lamber a sopa que lhe pareceu deliciosa. Dias depois foi a vez da cegonha convidar a Raposa para comer na beira da Lagoa, serviu então a sopa num jarro largo embaixo e estreito em cima. - Hummmm, deliciosa! - Exclamou a Cegonha, enfiando o comprido bico pelo gargalo - Você não acha? A Raposa não achava nada nem podia achar, pois seu focinho não passava pelo gargalo estreito do jarro. Tentou mais uma ou duas vezes e se despediu de mau humor, achando que por algum motivo aquilo não era nada engraçado. MORAL: às vezes recebemos na mesma moeda por tudo aquilo que fazemos. Jean de La Fontaine

FÁBULA

Fábula: O Lobo e o Cordeiro
Um cordeiro estava bebendo água num riacho. O terreno era inclinado e por isso havia uma correnteza forte. Quando ele levantou a cabeça, avistou um lobo, também bebendo da água. - Como é que você tem a coragem de sujar a água que eu bebo - disse o lobo, que estava alguns dias sem comer e procurava algum animal apetitoso para matar a fome. - Senhor - respondeu o cordeiro - não precisa ficar com raiva porque eu não estou sujando nada. Bebo aqui, uns vinte passos mais abaixo, é impossível acontecer o que o senhor está falando. - Você agita a água - continuou o lobo ameaçador - e sei que você andou falando mal de mim no ano passado. - Não pode - respondeu o cordeiro - no ano passado eu ainda não tinha nascido.O lobo pensou um pouco e disse: - se não foi você foi seu irmão, o que dá no mesmo. - Eu não tenho irmão - disse o cordeiro - sou filho único. - Alguém que você conhece, algum outro cordeiro, um pastor ou um dos cães que cuidam do rebanho, e é preciso que eu me vingue. Então ali, dentro do riacho, no fundo da floresta, o lobo saltou sobre o cordeiro,a garrou-o com os dentes e o levou para comer num lugar mais sossegado. MORAL: A razão do mais forte é sempre a melhor Jean de La Fontaine

CAPAS DE CADERNOS

MEU CADERNO DE HISTÓRIA
ESCOLA______________________________________________________________________________ ALUNO (A)___________________________________________________________________________- PROFESSOR (A)_______________________________________________________________________ SALA_____________________________________SÉRIE_______________________ “A coisa mais indispensável a um homem é reconhecer o uso que deve fazer do seu próprio conhecimento”. Platão

CAPAS DE CADERNOS

MEU CADERNO DE MATEMÁTICA
ESCOLA______________________________________________________________________________ ALUNO (A)___________________________________________________________________________- PROFESSOR (A)_______________________________________________________________________ SALA_____________________________________SÉRIE_____________________________________ 2012 “Pouco conhecimento faz com que as pessoas se sintam orgulhosas. Muito conhecimento, que se sintam humildes. É assim que as espigas sem grãos erguem desdenhosamente a cabeça para o Céu, enquanto que as cheias as baixam para a terra, sua mãe”. Leonardo da Vinci

CAPAS DE CADERNOS

MEU CADERNO DE GEOGRAFIA
ESCOLA______________________________________________________________________________ ALUNO (A)___________________________________________________________________________- PROFESSOR (A)_______________________________________________________________________ SALA_____________________________________SÉRIE_____________________________________ “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida”. Sandra Carey

CAPAS DE CADERNOS

MEU CADERNO DE PORTUGUÊS
ESCOLA______________________________________________________________________________ ALUNO (A)___________________________________________________________________________- PROFESSOR (A)_______________________________________________________________________ SALA_____________________________________SÉRIE_____________________________________ 2012 “Há conhecimento de dois tipos: sabemos sobre um assunto, ou sabemos onde podemos buscar informação sobre ele” Samuel Johnson

CAPAS DE CADERNOS, FILOSOFANDO COM AS FADAS

MEU CADERNO DE ARTES
ESCOLA______________________________________________________________________________ ALUNO (A)___________________________________________________________________________- PROFESSOR (A)_______________________________________________________________________ SALA_____________________________________SÉRIE_____________________________________ 2012 “A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos”. Charles Chaplin